Produtor do Mamonas Assassinas critica versão de música de Alok

Rick Bonadio, o produtor da música Pelados em Santos, do Mamonas Assassinas, criticou uma versão da canção lançada recentemente pelo DJ brasileiro Alok. “O segundo acorde é um B menor e você colocou maior mesmo mantendo as melodias de voz e metais. Vamos arrumar isso? Conceito é uma coisa, falta de musicalidade é outra. Tá péssimo”, escreveu o produtor em seu perfil no Twitter.

Bonadio acabou recebendo uma resposta do duo Sevenn, que participou do remix. “Na verdade não está incorreto, só não é do mesmo jeito da versão original. Aprenda a criticar antes de falar”, diz a resposta. O produtor não deixou por menos e rebateu: “Não, não está. Se você tivesse mudado o conceito do arranjo e a harmonia faria sentido. Mas há apenas um acorde errado. E aliás, o remix é horrível. Mamonas é uma lenda e você desrespeitou sua memória. Espero que você aprenda para o futuro”.

Em sua página no Facebook, Bonadio continuou as críticas. “Seja honesto e não engane seu público. A nota está errada e você não pode ser assim simplista. O remix além de ter erro, sim, no B, cortou e desfigurou a obra que é um legado para a música brasileira. Os Mamonas não podem ser conhecidos pelas novas gerações pela letra que você deixou no remix. Não se pode cortar a letra de uma obra dessa importância. Faltou respeito e maturidade a você”, escreveu.

Ouça, abaixo, a música original e a versão de Alok e o duo Sevenn:

Rick Bonadio

@rickbonadio

 

Alo @alokoficial , o segundo acorde é um B menor e vc colocou maior mesmo mantendo as melodias de voz e metais. Vamos arrumar isso? Conceito é uma coisa, falta de musicalidade é outra. Tá péssimo. #Peladosemsantos

Informações e privacidade no Twitter Ads
 
 

Rick Bonadio

@rickbonadio

 

No, it’s not. If you had change the concept of the arrange and harmony it would make sense. But it is just one wrong chord. And btw the remix is awful. Mamonas is a legend and you disrespected their memory. Hope you learn for future. https://twitter.com/sevenn/status/941333855063158790 

Informações e privacidade no Twitter Ads
 
 







Fotos e link total de:https://veja.abril.com.br/entretenimento/produtor-do-mamonas-assassinas-critica-versao-de-musica-de-alok/

Gostou? Deixe seu comentário!

Compartilhe seu comentário no Facebook