Na Itália para jogo com a Roma, jogadores da Chapecoense são recebidos pelo papa

Depois de terem desembarcado na última terça-feira na Itália visando amistoso que farão contra a Roma, os jogadores da Chapecoense foram recebidos nesta quarta pela manhã pelo papa Francisco em um encontro realizado no Vaticano.

O santo padre deu boas-vindas especiais aos atletas do clube, que em novembro do ano passado foi vítima de um trágico acidente aéreo, ocorrido perto de Medellín, na Colômbia, que matou quase todos os seus jogadores, além de dirigentes da equipe, tripulantes e vários jornalistas que embarcaram junto com o time. A aeronave fretada pelo time caiu com 77 pessoas a bordo da viagem que visava a partida de ida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional – ao todo, 71 pessoas morreram e outras seis sobreviveram.

Na recepção desta quarta no Vaticano, o papa expressou a sua satisfação por se encontrar com os atletas da equipe e posou para fotos com a equipe no final do evento. Dois dos três atletas que sobreviveram ao acidente do ano passado, Jackson Follmann e Alan Ruschel marcaram presença à frente da delegação da Chapecoense na Basílica de São Pedro para a audiência semanal do sumo pontífice.

O ex-goleiro Follmann teve parte de sua perna direita amputada por causa dos graves ferimentos sofridos no acidente, enquanto o lateral Ruschel só voltou a atuar pela Chapecoense no último dia 7, quando enfrentou o Barcelona em amistoso realizado no estádio Camp Nou. Outro sobrevivente da tragédia, o zagueiro Neto só poderá voltar a jogar no ano que vem.

A Roma vai enfrentar a Chapecoense na sexta-feira, no Estádio Olímpico da capital italiana, e a renda obtida com a partida será destinada ao clube catarinense, que segue em processo de reconstrução após o fatídico acidente do ano passado.

Um dia antes do encontro com o papa, Follmann exaltou a ótima recepção que o time teve na Itália após o desembarque da última terça. “Temos um carinho muito grande por todo mundo. Todos que oraram e que torceram pela gente. O mínimo que podíamos fazer é aproveitar esta oportunidade de vir até aqui e dizer um muito obrigado”, afirmou o jogador em declarações reproduzidas pelo site oficial da Chapecoense.

Alan Ruschel, por sua vez, fará nesta sexta a sua quarta partida nesta temporada e enfatizou sobre a importância que estes amistosos beneficentes estão tendo também para dar experiência internacional aos jogadores do atual elenco da equipe. “É sempre bom para o futebol você competir em alto nível, com grandes equipes, para aprimorar o que vem fazendo. A gente aprendeu contra o Barcelona, contra o Lyon, e agora contra o Roma também vai aprender. Ficamos felizes em poder fazer jogos assim para melhorar questões táticas e técnicas de todo o grupo”, ressaltou o atleta.

Depois de ter sido goleada por 5 a 0 pelo Barça, a Chapecoense também foi derrotada por 2 a 1 pelo Lyon em amistoso na França e ainda superada pelo Urawa Red Diamonds por 1 a 0 na final da Copa Suruga, em Saitama, no Japão, palco da decisão do torneio que reuniu os atuais campeões da Copa Sul-Americana e da Copa da Liga Japonesa.

Gostou? Deixe seu comentário!
Compartilhe seu comentário no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright - 2014-2017 Rádio Nova99,3 Iguaçu Fm. Santiago RS. Direitos Reservado. Designer Sttill Mag Jhonson Bravo.