Misterioso passaporte brasileiro de Kim Jong-un e de seu pai; o que se sabe

Cópias obtidas pela agência Reuters mostram passaportes brasileiros com as fotos de Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, e Kim Jong-il, seu pai e ex-líder do país

As imagens divulgadas nesta terça-feira (27) pela agência de notícias ‘Reuters’ de dois passaportes brasileiros, um com a foto do líder norte-coreano Kim Jong-un e outro com a foto de seu pai, o ex-líder Kim Jong-il, suscitaram diversas dúvidas sobre como os documentos foram obtidos.

Veja a seguir o que se sabe e o que falta esclarecer sobre o caso:

Como os passaportes foram obtidos?

Não se sabe quais documentos foram apresentados para a emissão dos passaportes, como foi dada a entrada nos documentos e nem mesmo se os passaportes e a assinatura da autoridade consular são autênticos. O Itamaraty não confirmou nem negou a autenticidade dos documentos. Afirmou apenas que está investigando o caso.

O passaporte com a foto de Jong-un foi emitido em nome de Josef Pwag, com data de nascimento de 1 de fevereiro de 1983. Sabe-se tão pouco sobre Jong Un que até mesmo sua data de aniversário é contestada. Ele teria de 12 a 14 anos de idade quando o passaporte brasileiro foi emitido.

O passaporte de Jong-il foi emitido no nome de Ijong Tchoi com data de nascimento de 4 de abril de 1940. Jong Il morreu em 2011. Sua verdadeira data de nascimento era em 1941. Ambos os passaportes exibem como local de nascimento dos portadores a cidade de São Paulo.

As fotos são autênticas?

As fontes de segurança consultadas pela agência Reuters disseram que tecnologia de reconhecimento facial confirmaram que as fotos que constam nas cópias dos passaportes são de Kim Jong-un e de seu pai.

Por que os Kim quiseram emitir passaportes brasileiros?

De acordo com as fontes da Reuters, os passaportes brasileiros foram obtidos para solicitar vistos em ao menos dois países ocidentais nos anos 1990. Não se sabe que países são esses e não está claro se os vistos que eles desejavam foram emitidos.

“Eles usaram esses passaportes brasileiros, que claramente mostram fotos de Kim Jong-un e Kim Jong-il, para tentar obter vistos de embaixadas estrangeiras”, disse à Reuters uma alta fonte de segurança ocidental, sob condição de anonimato. “Isso mostra seu desejo por viagens, e aponta para as tentativas da família governante de construir uma possível rota de fuga”, acrescentou.

Os Kim podem ter vindo ao Brasil com esses passaportes?

As fontes consultadas pela Reuters disseram que os documentos podem ter sido usados para viagens ao Brasil, Japão e Hong Kong. Não está claro se as viagens de fato foram feitas. A Coreia do Norte tem uma embaixada no país, mas que se negou a comentar o caso.

Kim Jong-un usou seu passaporte brasileiro?

Não se sabe se o passaporte que corresponde à cópia divulgada pela Reuters foi usado. Mas o líder norte-coreano já havia usado um passaporte brasileiro para visitar a Disneylândia em Tóquio em 1991, de acordo com reportagem do jornal “Yomiuri Shimbun” publicada em 2011. A data dessa viagem a Tóquio é anterior à da que consta na emissão do passaporte que foi revelado pela Reuters.

Por que foram emitidos em Praga?

Os dois passaportes brasileiros com 10 anos de validade contêm um carimbo dizendo “Embaixada do Brasil em Praga” com data de expedição de 26 de fevereiro de 1996. Outra questão que falta esclarecer é por que os passaportes foram emitidos no consulado brasileiro em Praga, na República Tcheca.

É sabido que Jong-un estudou em uma escola internacional de Berna, na Suíça, onde fingia ser filho de um motorista de uma embaixada. Mas não há nenhuma evidência de que isso tenha alguma conexão com o caso dos passaportes brasileiros.

Fotos e link total de:http://www.verdadegospel.com/misterioso-passaporte-brasileiro-de-kim-jong-un-e-de-seu-pai/

Gostou? Deixe seu comentário!

Olá, Gostou? Então compartilhe, divulgue nosso trabalho! A equipe Nova99,3 agradeçe .