qui. nov 15th, 2018

Ashley Judd processa Weinstein por atrapalhar sua carreira

Produtor contribuiu para que a atriz fosse excluída da franquia milionária ‘Senhor dos Anéis’

Ashley Judd abriu um processo de difamação e assédio sexual contra o desacreditado produtor Harvey Weinstein na segunda-feira. A ação, apresentada em um tribunal de Santa Mônica, na região de Los Angeles, afirma que Weinstein “utilizou seu poder na indústria do entretenimento para manchar a reputação de Judd e limitar sua capacidade de encontrar trabalho”.

O processo tem como base o caso relatado pelo renomado diretor Peter Jackson, de Senhor dos Anéis. Segundo ele, Weinstein vetou a participação de Judd na produção, garantindo que era “um pesadelo” trabalhar com ela.

“Com estas afirmações infundadas, Weinstein conseguiu incluir a senhorita Judd em uma lista negra, destruindo sua oportunidade de trabalhar no que se converteu em uma franquia de 1 bilhão de dólares, com 17 prêmios da Academia e muitas outras nomeações”, destaca a ação. “A patética realidade é que Weinstein adotou represálias contra a senhorita Judd por rejeitar suas ofertas sexuais um ano antes, quando a encurralou em um quarto de hotel sob a alegação de falar de negócios.”

Judd adiantou que o valor da indenização — se recebido — será destinado ao fundo de defesa do movimento #MeToo, contra o assédio sexual em Hollywood.

Um porta-voz de Weinstein recordou que Judd apareceu em dois filmes do produtor após “O Senhor dos Anéis”: Frida (2002) e Imigrantes Ilegais (2009).

Fotos e link total de:https://veja.abril.com.br/entretenimento/ashley-judd-processa-weinstein-por-atrapalhar-sua-carreira/

Olá, Gostou? Então compartilhe, divulgue nosso trabalho! A equipe Nova99,3 agradeçe .